O Caminho Mais Curto é o Caminho de Volta

o caminho de volta

Às vezes, o caminho mais curto é o caminho de volta.

Essa foi uma frase que ouvi muitas vezes de um antigo sócio meu. Eu vejo grande verdade nela. Tenho outra frase para completar meu raciocínio nesse post:

Os inteligentes mudam de ideia.

Essa ouvi há algum tempo atrás daquele do meu mentor Flávio Augusto, em seu talk show com o Sandro Magaldi no MeuSucesso.com. E também nunca mais esqueci.

Juntando essas percepções ao que tenho observado em minha caminhada como empreendedor, percebo que quanto mais eu caminho e cresço, mais distante da busca pelo faturamento eu preciso estar. Como assim?

De que vale manter um negócio onde o resultado em faturamento seja o mais importante? Eu creio, sinceramente, que o lucro deve ser apenas o reflexo do número de pessoas transformadas. Esse é o caminho.

Muitas vezes a ênfase nos dígitos e resultados financeiros acabam embaçando o que realmente importa: as pessoas. De que adianta ter um negócio que gere milhares e milhares de reais e não faz a diferença real na vida das pessoas? Eu mesmo respondo:

Não adianta de nada. 

Hoje fica aqui a minha recomendação para você que está em busca de se tornar um empreendedor. Não enxergue esse mercado ou qualquer outro que você desejar entrar como uma forma de simplesmente ganhar dinheiro.

Se você está caminhando na direção apenas dos ganhos, faça o caminho de volta. Se perceber que está prosseguindo por uma trilha diferente da que planejou, faça o caminho de volta. Não é questão de desistir, mas de alinhar a jornada ao seu propósito.

Faça isso, quando for preciso. Não tenho dúvidas de que será bem sucedido Afinal, é apenas uma forma de tomar decisão!

O sábio pode mudar de opinião. O ignorante, nunca. ― Immanuel Kant

Deixe o seu comentário, gostaria de saber sua opinião sobre esses pensamentos.