Amazon │ 5 lições de Jeff Bezos para você alavancar sua empresa

amazon - jeff bezos

A Amazon foi uma das primeiras empresas com alguma relevância a vender produtos na Internet. A empresa se destaca hoje como maior plataforma de e-commerce do mundo e encabeça o mercado de tecnologia atrás dos gigantes Google, Apple e Facebook.

Jeff Bezos, fundador da empresa, é visto como um modelo de empresário. Em 2013 ele foi classificado como o segundo melhor executivo pela Harvard Business Review, ficando atrás apenas de Steve Jobs, da Apple.

Jeff tem hoje um patrimônio líquido estimado em US$ 30,2 bilhões. Seu método de tocar os negócios tem dado certo e tem servido de modelo para muitos profissionais.

Confira agora lições de Jeff para você usar em seu negócio!

Lição #1 – Visão e inovação

Jeff Bezos largou um bom emprego numa famosa empresa em Wall Street para começar seu negócio. Ele tinha 30 anos quando percebeu a evolução crescente e da internet e imaginou um novo negócio que ainda ninguém tinha pensado.

Estamos falando de 1994, ou seja, início da década de 1990, onde a tecnologia não era tão avançada como hoje. Apesar dos recursos escassos, Jeff teve visão e inovou ao decidir tirar da cabeça um negócio diferente de tudo o que já sido criado.

Lição #2 – Execução

Jeff saiu de Nova Iorque e foi para o Pacífico em busca de capital de risco. Encontrou então quatro lugares livres de impostos estaduais, e escolheu a cidade de Seattle, onde estava um dos maiores distribuidores de livros: a empresa Ingram.

Escolheu 20 vinte itens para ser o produto chave para o start do negócio. Foi aí que começou a Amazon.com, uma empresa que 6 anos depois chegava a um bilhão de dólares em vendas, atendendo 8,4 milhões de clientes.

Lição #3 – Pensamento a longo prazo

Um ponto interessante por especialistas que já estudaram o modo de empreender da Amazon é que Jeff Bezos não é obcecado com suas receitas trimestrais. Sempre que alguém pergunta a ele sobre os resultados da empresa, ele não pensa em números atuais, pois seu pensamento está sempre além do presente.

Essa lição deve gerar um alerta para os perigos da ansiedade do empreendedor, que pode ter a preocupação excessiva de gerar resultados a curto prazo. Claro que metas imediatas devem ser estabelecidas, mas é preciso pensar a long prazo sempre.

Lição #4 – Foco no cliente sempre

Essa lição que vale ouro. Muitos empresários só pensam em como ganhar dinheiro, mas se esquecem de focar no mais importante: o cliente. Você deve buscar satisfazê-los, ser honesto com eles e tentar fidelizá-los. É dessa forma que você vai receber de volta todo o dinheiro investido e muito mais.

Esse é um princípio que praticamos em nossa empresa e aconselhamos que nossos alunos, clientes e mentorados façam os mesmos em seus negócios. Parece demagogia isso, mas a verdade é o foco do seu negócio não deve ser o dinheiro, mas os clientes. O dinheiro vem como um poderoso bônus.

Lição #5 – O paradoxo perfeito

Essa quinta e última lição que nós trazemos para você pode servir como verdadeiro manifesto para seu crescimento e resultados: seja flexível e teimoso. Sim, sabemos que essa união acaba formando um paradoxo, mas é o que dá certo para Jeff Bezos, e é o que tem dado certo para nós também.

O criador da Amazon diz o seguinte: “Nós somos teimosos em visão, mas somos flexíveis em detalhes. Se você não for teimoso, acabará desistindo das experiências muito cedo. E se você não for flexível, acabará bater sua cabeça contra a parede e não vai encontrar uma solução diferente para um problema que você está tentando resolver”.

Pegue a chave!

E aí, qual dessas 5 lições de Jeff Bezos e da Amazon mais te encantou? Qual delas você vai aplicar no seu negócio? Deixe um comentário com sua opinião!