Intraempreendedorismo: Funcionários também empreendem!

intraempreendedorismo

O empreendedorismo é um dos assuntos mais explorados ultimamente. Muita gente, na busca de mais liberdade, escolhe se aventurar na criação do próprio negócio.

Mas, o que muitos desconhecem, é que é possível empreender dentro do negócio de alguém. Ou seja, a mentalidade empreendedora não se limita aos donos de empresa, mas se estende aos colaboradores.

Isso mesmo, funcionários também podem empreendedor. E é sobre isso que vamos tratar nesse post. Você vai descobrir o que é intraempreendedorismo e como ele pode ser aplicado em seu negócio, seja você o responsável ou não.

Acompanhe e descubra como empreender mesmo a empresa não sendo sua!

O que é intraempreendedorismo

O termo original, em inglês, é ”intrapreneur”. Intraempreendedorismo, em português, nada mais é que empreendedor interno, o empreendedor que tem iniciativa dentro de uma empresa estabelecida.

O conceito já vem sendo trabalhado desde a década de 1980, mas muitas empresas não estavam dispostas a dar aos funcionários a liberdade para criar. Não oferecendo, consequentemente, um orçamento para financiar as inovações.

Hoje, no entanto, a ideia é mais aceita, principalmente com o avanço dos modelos de startup business. O intraempreendedorismo serve para acelerar as inovações dentro de empresas, independente do porte da mesma.

Os talentos de funcionários empreendedores fornecem uma maneira saudável para que as empresas reajam aos desafios competitivos do mercado. Não há motivos para não adotá-lo.

E o que define um intraempreendedor?

O profissional intraempreendedor que está disposto a lidar com riscos, e se move em busca pelo novo, costuma gerar boas ideias e deseja compartilhar soluções com os seus superiores.

Funcionários focados em intraempreendedorismo pensam na melhoria contínua do setor, departamento ou mesmo de toda a organização, dependendo da abrangência de suas iniciativas.

Se você tem certa facilidade em descobrir oportunidades ocultas, é inquieto e está inconformado com a situação atual do negócio onde você trabalha, você é possivelmente um intraempreendedor.

Você está fazendo acontecer e não é porque a empresa não é sua que você não pode ser chamado de empreendedor. Isso é bacana, não acha?

Faça acontecer!

O intraempreendedorismo é uma vertente poderosa e prova que não só de donos de negócios que o empreendedorismo é feito. O espírito empreendedor é mesmo acessível a todos.

A maioria dos colaboradores empreendedores podem não ter o mesmo interesse em abrir um novo negócio, mas serão extremamente úteis à empresas já estabelecidas.

Colaborar com o negócio, ter um bom salários e elevar o seu nome dentro da história organização são objetivos tão importantes quanto ter a própria empresa, e você pode alcançá-los com o intraempreendedorismo.

Para fechar, fazemos um convite para você acompanhar uma série de vídeos gratuita sobre aceleração de negócios!

Agora responda: O que acha dessa do intraempreendedorismo? Interaja com um comentário!