[Marketing digital] Tudo o que você precisa saber sobre tráfego

Se você está começando ou migrando para o marketing digital, um dos primeiros termos que você provavelmente ouve falar é “tráfego”. Ele pode ser definido como o fluxo de visitantes nas suas páginas.

Como você pode perceber, esse é um tema muito importante no universo online. Sem audiência, nenhum negócio pode caminhar em direção ao sucesso. Imagina ter uma página e ninguém visitá-la? Não vai adiantar muita coisa, não é mesmo?

Um site, blog, loja virtual ou rede social que apresenta um bom fluxo de acessos resulta em mais vendas. Isso porque o aumento das visitas pode promover melhor posicionamento, engajamento, geração de leads, e claro, mais conversões.

Como uma boa estratégia de tráfego, as pessoas podem encontrar mais facilmente o seu site a partir das mídias sociais, de um artigo em outro blog, de um link patrocinado na primeira página do Google ou mesmo digitando o seu endereço no navegador. Quer entender melhor?

Organizamos neste artigo algumas informações com tudo que você precisa saber sobre tráfego. Aproveite deste conteúdo para otimizar os seus processos e alavancar a sua marca na internet!

O tráfego orgânico

Essa é a modalidade em que você é encontrado pelo seu público. Nesse processo, a partir de conteúdos relevantes, interessantes e otimizados para os motores de busca, as pessoas que tem interesse no seu negócio acessam a sua página.

Para isso, é fundamental aplicar técnicas de SEO (Search Engine Optimization) a fim de alcançar um bom nível de ranqueamento. Assim, quando uma pessoa faz uma pesquisa em plataformas como Google, Yahoo, Bing etc., a ideia é que a sua página esteja entre as primeiras posições dos resultados.

Aqui no nosso blog, por exemplo, temos vários conteúdos entre os primeiros resultados, como por exemplo, o artigo Como Ganhar Dinheiro Na Internet: 21 Maneiras Infalíveis.

tráfego

O trabalho com estratégias de SEO e Marketing de Conteúdo intensificam o aumento das buscas orgânicas, promovendo um tráfego altamente qualificado. Uma ferramenta importante neste sentido envolve a definição de palavras-chaves.

Análise de palavras-chave e atração 

Com o planejamento de palavras-chave, os profissionais identificam os termos que as pessoas mais buscam em seu segmento e elaboram conteúdos para atender essa demanda. Essa é uma forma de conhecer o comportamento do público-alvo visando entregar algo de valor a ele.

Neste sentido, é possível construir uma conexão significativa com os usuários que estão buscando aquilo que você pode entregar de valor. E isso facilita aumentar o engajamento dos consumidores e a credibilidade da sua marca, preparando o terreno para as vendas.

O tráfego orgânico é considerado uma das melhores estratégias para atrair as pessoas certas para o seu site por meio de um baixo investimento. Afinal, não existem custos adicionais para os resultados, já que eles vêm dos próprios buscadores nesta modalidade.

O tráfego pago

Este tipo de tráfego online é feito a partir de campanhas de links patrocinados, que são anúncios personalizados e disponibilizados em determinadas plataformas, como o Google Adwords, Facebook Ads, LinkedIn Ads e anúncios no YouTube são alguns exemplos.

Dessa forma, você pode criar anúncios e atingir um público específico, alcançando acesso rápido a sua página. A segmentação é um grande diferencial nesta categoria, já que anúncios direcionados para o público certo aumentam as taxas de conversão.

É importante criar anúncios com uma mensagem clara, relevante e adequada para o usuário que se deseja atingir por meio dos canais apropriados. Essa é uma estratégia a ser levada em conta na hora de definir os detalhes da campanha para garantir melhores resultados.

Nós usamos o Facebook Ads para promover alguns dos conteúdos que lançamos aqui no blog e do nosso canal no YouTube.

Anúncios, reputação e conversão

A exibição de anúncios em buscadores, redes sociais, aplicativos mobile e demais plataformas variam de acordo com o tempo de duração, a empresa a ser contratada e o custo por clique. Os valores geralmente são definidos no momento da contratação dos serviços.

As campanhas surgem como uma forma de aumentar a visibilidade da sua marca e as taxas de conversão, sendo que os anúncios são entregues a um volume considerável de usuários.

Uma segmentação bem-feita entrega informações, produtos e/ou serviços para aqueles que realmente possuem interesse e estão dispostos a se relacionarem com o seu tipo de negócio. Para aumentar o volume do tráfego pago é interessante contar com uma página de conversão que apresente as soluções que o usuário busca.

O tráfego social

Gerado a partir das redes sociais, essa categoria equivale a atração dos usuários por meio de plataformas como o Facebook, Twitter, Instagram, YouTube, entre outras. No entanto, para captar o público que se encontra nesses canais é preciso uma boa gestão de conteúdo das mídias.

O ideal é conhecer a fundo o seu público-alvo para entregar um conteúdo de valor para ele. Quanto maior a segmentação, maiores as chances de atrair e engajar seguidores para a sua marca.

Aproveite das mídias sociais para entregar um conteúdo interessante, relevante e descontraído. Quando os usuários se conectam positivamente com uma determinada mensagem, eles podem compartilhar com seus amigos e de repente a publicação se torna viral em questão de minutos.

Por isso, independente do nicho, busque entregar uma mensagem clara e simples do seu negócio para os usuários que possam se interessar nele. Assim, a sua marca é capaz de alcançar posicionamento e engajamento com eficiência e agilidade.

Aliás, aproveitando a chance, aconselho fortemente que você aposte no Instagram e, principalmente, use o Stories. O recurso é muito acessado e pode te fazer conseguir um engajamento forte por parte do público. Se você quiser ter ideias de como usar, pode me seguir lá.

O tráfego de referência

Esse é o tipo de tráfego para sites em que uma pessoa recebe indicação para acessar a sua página. A indicação pode ocorrer por meio de outra pessoa ou de algum conteúdo consumido por ela.

Para obter visitas geradas por referência é preciso firmar parcerias com blogs, sites, mídias sociais e veículos offline. É importante que os parceiros sejam do mesmo nicho que a sua marca, visando atrair visitas qualificadas já que o perfil da audiência é semelhante.

O tráfego de referência constitui um modelo importante para ajudar sua autoridade a ser reconhecida. Além disso, ele possibilita melhorar o ranqueamento nos motores de busca.

Muitas parcerias envolvem baixo ou nenhum custo. De qualquer forma, é fundamental planejar estrategicamente o tipo de parceria, objetivo, canal de comunicação e a troca, sendo que ambas as partes devem se beneficiar do fluxo de novas visitas e possíveis conversões.

Um dos tipos de parcerias é o guest posting, um tipo de estratégia no qual blogueiros convidam outros para escrever no blog deles. Dessa forma, se você tem um guest post publicado no blog de um parceiro, é possível inserir links para os seus.

O tráfego direto

Esse é um excelente meio de avaliar a imagem da sua marca. No entanto, a maioria dos profissionais que trabalham no universo do marketing digital tem dificuldade para compreender como funciona, mesmo sendo muito simples.

O tráfego direto é aquele que o usuário digita o endereço da sua página na barra de endereços ou deixa o seu site na sessão de favoritos para acessar com mais facilidade. Além disso, o usuário pode visitar o seu site por meio de cliques de e-mails, de documentos (Office ou PDF), de links encurtados e de aplicativos mobile (redes sociais).

Esse tipo de busca pode ser estimulado por recomendações de outros usuários ou mesmo por pesquisas a partir de um canal offline, no caso de matérias de jornais, revistas, rádio e televisão, por exemplo.

Para aumentar esta modalidade de tráfego, uma assessoria de imprensa e uma boa gestão de marca podem ser alternativas eficazes neste sentido. Mas como avaliar os resultados de forma correta?

Trabalhando as informações e resultados

tráfego

Considerado uma das melhores ferramentas estratégicas, o Google Analytics pode ser um aliado importante na hora de entender as fontes e cálculo de visitas do seu site, bem como o comportamento do seu público. Portanto, é importante saber se o Google Analytics está funcionando corretamente em todas as páginas.

Se essa ferramenta não está instalada corretamente, o número de visitas não pode ser calculado com precisão. E isso pode prejudicar a interpretação dos dados e as próximas tomadas de decisões.

Um outro ponto relevante equivale ao uso do URL Builder, ferramenta que ajuda a criar parâmetros de campanha personalizados para os seus URLs de publicidade a fim de capturar dados úteis. Desse modo, você consegue contabilizar o acesso direto gerado pelas campanhas de mídias sociais, de e-mails e de anúncios em aplicativos.

Entendendo as fontes e erros

Agora você deve entender quais as fontes específicas de cada página que as pessoas entraram. Considere os acessos em suas páginas principais, tais como a página de início e as categorias do seu site/blog.

Podem existir alguns erros de atribuição de fontes também. Muitas vezes isso acontece nos casos de buscas orgânicas, aplicativos mobile e redes sociais, já que o navegador não consegue oferecer todos os dados de buscas corretamente.

Para resolver isso, é preciso verificar se os parâmetros dos URLs estão bem configurados e interpretar as razões que estão levando as pessoas a entrarem em determinadas páginas. Com estes passos, é possível trabalhar melhor com as informações, interpretando os resultados de forma mais eficiente e decisiva.

27 ideias rápidas de conseguir tráfego para o seu blog

#1 – Garanta que seu site tenha fácil acesso

#2- Crie Call-To-Actions

#3 – Crie conteúdo Fácil De Compartilhar

#4 – Faça Parceria Com Outros Blogs

#5 – Explore todo o poder das Redes Sociais

#6 – Use Hashtags no Instagram  

#7 – Faça perguntas e Respostas no Facebook

#8 – Crie Um Concurso

#9 – Não Se Esqueça do LinkedIn

#10 – Mais Com o Google +

#11 – Mantenha Contato Com Influenciadores

#12 – Interaja em Comunidades Relacionadas Ao Assunto

#13 – Peça A Opinião de Especialistas No Assunto

#14 – Crie Social Posts no Twitter

#15 – Utilize Ferramentas de Compartilhamento no blog

#15 – Mencione Suas Fontes

#17 – Encontre Quem Se Interessa Por Conteúdos Parecidos Com O Seu

#18 – Use Slides, pois Atraem público

#19 – Tenha um canal no YouTube

#20 – Crie conteúdo com frequência parar aumentar os acessos Orgânicos

#21 – Envie E-mails para sua lista de contatos

#22 – Envie E-mails Para Influenciadores

#23 – Invista em tráfego pago

#24 – Republique postagens antigas que sejam relevantes

#25 – Aproveite Os Eventos para divulgar seu site

#26 – WhatsApp Também Gera Acessos

#27 – Seus Funcionários Também Compartilham

Considerações finais

Agora você já conhece os principais tipos de tráfego online para usar no seu negócio e alavancar seus resultados. Independente do seu nicho, você pode obter visitas de todas as categorias comentadas aqui.

No entanto, é importante contar com uma análise completa e correta dos dados. É aí que muitos profissionais se perdem. Mas com você pode ser diferente!

Se você deseja investir em posicionamento online e atrair o público certo, fidelizar seus clientes e vender mais, acompanhe nosso canal no Youtube. Lá você tem acesso a conteúdos em vídeo que poderão te ajudar com todos esses objetivos.

tráfego