Como Escapar da Corrida dos Ratos?

corrida dos ratos

Atenção: “para aqueles que se ofendem com facilidade e não gostam de auto-análise, esse texto não é recomendável”

“Corrida dos ratos” é um termo criado para descrever o trabalho, principalmente o excessivo. Geralmente, se alguém trabalha muito, mas sem muitos benefícios, vantagens e liberdades, está na corrida dos ratos.

O conceito é utilizado para comparar a “correria das pessoas” com a corrida dos ratos de laboratório. Nota-se que esses animais costumam correr, correr, correr e não chegam a lugar nenhum, ou seja, a corrida não tem objetivo.

Esta analogia contém implicações, segundo as quais muitos indivíduos veem o trabalho como uma busca interminável, sem um propósito por trás do esforço. O ofício é apenas um meio de sobrevivência, um escape.

Da dor ao questionamento

A crescente imagem do trabalho como tal corrida dos ratos – principalmente no Brasil, onde não temos incentivo a educação –  tem levado muitos a questionarem suas próprias atitudes em relação ao trabalho.

Esses acabam sendo levados a buscar alternativas melhores, encontrando equilíbrio mais harmônico entre a vida pessoal e profissional. Nesse contexto, surgem muitos aspirantes a empreendedores. Gente que decide fazer as coisas diferente da maioria.

Eles enxergam que as longas jornadas de trabalho, horas extra não remuneradas, tarefas estressantes, tempo gasto em deslocamento de ida e volta, menos tempo para a vida com a família, por exemplo, tem levado a uma força de trabalho infeliz.

Do questionamento ao despertar

Isso leva a maioria da população a se tornar incapaz de desfrutar dos benefícios que a prosperidade econômica crescente pode proporcionar. E a verdade é que mesmo se incomodando, muitos demoram a acordar, ou até mesmo, não acordam para esse problema.

No entanto, vale destacar que nem todos os trabalhadores se sentem assim. Por exemplo, o auto emprego contribui para um aumento na satisfação no trabalho, e os profissionais autônomos acabam experimentando menos tensão mental relacionada ao trabalho.

Outra solução é a tão citada renda extra, citados às vezes de forma popular como “bicos”. São ofícios alternativos usados para complementar a renda e aumentar a qualidade de via em longo prazo. Quem consegue isso já aumenta seus méritos diante dos outros ratos.

E o escape?

Sabemos que este é um tema polêmico e delicado. Mas é preciso falar dele. Os céticos nem titubeiam: “é impossível sair dessa corrida”. Os mais crédulos podem questionar: “é possível escapar dessa corrida?”. Sim, sem dúvidas.

Não seria bem melhor se você trabalhasse em um ambiente agradável, tivesse mais tempo pra sua família e tivesse mais qualidade de vida? Se você quiser, isso pode ser possível. Nós, da Mentalidade Empreendedora acreditamos que melhor do que ter um emprego, é gerar emprego.

O caminho é empreender. Sempre é possível aplicar mais inteligência, viver com mais sentido, crescer, avançar, acelerar. Ser autor de seu ofício, viver seu sonho, plantar sementes e colher frutos mais saborosos. O empreendedorismo digital proporciona isso. E aquela história de ganhar dinheiro trabalhando em casa pela internet pode ser real.

Quem conseguiu pode provar

Diversas pessoas estão tornando suas vidas mais interessantes, acelerando no caminho certo, ao invés de ficar apenas girando sem chegar a lugar nenhum. E os resultados falam por si só. Confira aqui depoimentos de pessoas provam como é possível encontrar um propósito, criar um empreendimento e escapar de uma vez por todas da corrida dos ratos.

Empreender é para todos? Acreditamos que sim.

Acesse o Acelerador Digital e Saiba Mais!