Hustler, Hipster e Hacker: O power trio do empreendedorismo

Hustler, Hipster e Hacker

Rei Inamoto, o executivo criativo chefe da AKQA, compartilhou um conceito interessante, que desde então vem criando buzz entre os empreendedores modernos:

Para ter uma equipe eficiente, você só precisa de três pessoas: um Hipster, Hacker e Hustler.

Quando procuramos entendemos o que estes termos significam, percebemos que eles formam um “triângulo perfeito” posto em prática em equipes do mundo todo, mesmo que inconscientemente.

Mas o que seriam estes nomes? O que cada um perfil representa para o empreendedorismo? Continue a leitura e descubra!

Hustler, Hipster e Hacker, quem são e porque são “os caras”

O Hipster

Hustler, Hipster e Hacker

Um profissional ativo, que normalmente desenvolve seu trabalho com base no designer e na genialidade criativa. São os hipsters que garantem que o produto final seja milimetricamente aperfeiçoado. Tende a se dedicar muito aos projetos e esquece do mundo lá fora.

Costuma ter sensibilidade para o design, e é capaz de indicar um tom de cor usado em uma marca nos 70, que você provavelmente nunca ouviu falar. Isso significa que ele é muito bom em ligar os pontos e de captar referências clássicas para aplicar no que está sendo desenvolvido hoje.

Faz ponte entre os bastidores e o palco.

O Hacker

Hustler, Hipster e Hacker

Também conhecido como “o ferramenteiro”. Costuma ser muito bom no domínio de softwares. MacGayver é um bom apelido, que combina com sua capacidade de dar sempre um jeitinho. Entende diversas linhas de código de programação e linguagens.

Graças a esses conhecimentos, o profissional hacker consegue obter soluções e efeitos extraordinários, que vão além dos limites do funcionamento comum dos sistemas. No ambiente digital, ser um, ou ter um hacker compondo a equipe é uma regra.

Não gosta muito do palco, na verdade, está satisfeito com os bastidores.

A Hustler

Hustler, Hipster e Hacker

O terceiro perfil costuma ser o membro mais incompreendido da equipe. O homem de vendas, que puxa a galera, que usa frases motivadoras e que vai para a linha de frente para conseguir bater as metas financeiras da empresa.

O Hustler é alguém que curte promover sua imagem, bem como promover suas ideias, conceitos e produtos. Geralmente, por conta dessas características, é o que mais ganha fama no meio empreendedor. Fazendo uma analogia, se a empresa é uma banda de rock, o Hustler é o vocalista.

Passeia pelos bastidores, mas seu lugar preferido é no palco.

Para fechar

O Hipster entrega o design criativo, o Hacker traz sua caixa de soluções de tecnologia para desenvolver o produto, e o Hustler encontra o caminho certo para empacotar tudo e levá-lo para o público sob a forma de vendas e parcerias.

Os três formam um time difícil de bater.

Agora analise: sua equipe tem todos os três? Em qual destes perfis você se encaixa melhor: Hustler, Hipster e Hacker? Deixe nos comentários!

(Fonte: Forbes)