[Legado] Seu negócio vai acabar depois que você morrer?

O dicionário define o termo legado como um testamento para benefício de outra pessoa. Ele também indica que é deixar algo de valor para outra pessoa. E é justamente nesse entendimento que se encaixa o conteúdo do vídeo.

Um legado pode ser constituído por alguma coisa imaterial. O Império Grego, por exemplo, deixou um forte legado cultural e linguístico que ainda se encontra em muitas sociedades hoje em dia. Outro exemplo de herança imaterial é o intelecto deixado por diversos pensadores e filósofos do passado.

Trazendo para o contexto de negócios, um empreendedor que constrói um patrimônio, gera algo de valor para as pessoas e deixa isso de “herança” depois que morre. Temos hoje pessoas trabalhando por um negócio e outras trabalhando por um legado.

Qual a diferença?

O negócio pode acabar quando o empreendedor morre, o legado continua mesmo depois que o criador dele vai embora. Se você já tem um negócio, analise agora se ele tem perenidade, se ele vai permanecer depois que você se for…

Isso vai te ajudar muito a nortear suas futuras estratégias, vai te ajudar a olhar com mais amplitude aquilo que você tem construído. Além de, claro, te ajudar a gerar mais valor para a vida das pessoas.

Tem uma frase de Henry Ford que se encaixa perfeitamente aqui:

“Um negócio que não produz nada além de dinheiro é um negócio pobre”

Você pode se questionar: Mas e se eu não conseguir ninguém para tocar o meu negócio depois que eu morrer? Você tem toda uma vida para conseguir…

E mesmo que seu legado não continue de uma forma mais sólida, você pode trabalhar para deixar suas ideias. Pode ensinar as pessoas aquilo que você aprendeu e formar novas mentes a partir da sua mentalidade.

Essa é uma ótima forma de deixar um legado!