4 Passos para ganhar dinheiro dormindo

PUBLICIDADE

 

4 Passos práticos para ganhar dinheiro dormindo

 

A máxima do mercado digital que já impactou muitas pessoas e atraíram elas ao mundo do empreendedorismo digital. 

 

Esses dias eu acordei achando que era o alarme do celular. Mas era renovação de assinatura. Geralmente eu deixo no silencioso, mas acabei esquecendo. 

PUBLICIDADE

 

Não tava em lançamento nem nada, então não foi previsível. 

 

Mas o fato é que, pra chegar nesse nível, tem um processo que você (e sua empresa) vai passar.

 

Porque, convenhamos, ninguém ganha dinheiro simplesmente por dormir. (ah não ser que seja alguém contratado pra fazer teste de sono) piadas à parte… 

 

O comum, é a pessoa se empenhar, se esforçar, e receber por esse trabalho. O jogo vira quando você descobre que pode construir ativos, ou seja, coisas que podem trabalhar por você, enquanto você faz outra coisa. 

 

Nesse ponto, no mercado digital, temos a possibilidade de criar algo que independe de você, a partir de um certo nível. Uma empresa que é estruturada a partir da gestão de um empresário, pra chegar no nível de performar sem a mão dele diretamente no negócio, no operacional. 

 

Antes de você ganhar dinheiro dormindo, você vai passar algumas noites sem dormir. Ninguém colhe o que não plantou.

 

Inclusive, quero recomendar um podcast muito legal sobre a construção de uma das maiores empresas do nosso mercado digital, a Monetizze. Você pode assistir ele clicando aqui. 

 

3 Fases que você vai passar pra ganhar dinheiro dormindo

 

1 – O seu negócio depende do seu dinheiro

 

No início, o seu negócio depende do seu capital, do capital que você investe. Se você não colocar dinheiro, o seu negócio vai ter dificuldade de alavancar, de crescer. Nesse ponto, muitos negócios já param. 

 

Muitas pessoas falam em “começar do 0”, mas começar do 0 não é exatamente começar sem dinheiro nenhum. Começar do 0 também é “começar com pouco dinheiro”. Nesse sentido, o mercado digital é muito democrático. 

 

Vamos imaginar que eu vou começar uma loja física de roupa: 

Você vai ter que alugar o local, fazer reforma, fazer estoque, contratar etc. 

 

Isso tudo demanda você colocar dinheiro na frente, antes de abrir e começar a faturar, de fato. 

 

Na internet, você não precisa disso. 

 

Se você vende conteúdo, você precisa ter o conteúdo. Se você escolher vender o seu serviço, você vai precisar prestar o serviço. Se você escolher transformar seu conhecimento em um produto digital, você vai precisar gravar, ou apenas ter o roteiro, o sumário. 

 

Só que pra você escalar e ter pressão pra crescer, você vai precisar de dinheiro pra poder investir e alavancar. 

 

2 – Seu negócio depende das pessoas

 

Nesse ponto, “as pessoas” são o próprio dono, e a sua equipe. 

 

No início de um negócio digital, a equipe vai ser 1 pessoa, talvez 2… 

 

Tem uma planilha antiga da Mentalidade Empreendedora com a divisão de todas as tarefas, todas as funções que precisavam ser exercidas. Aí, nos respectivos responsáveis por essas funções eram assim: Pedro, Dudu, Pedro, Pedro, Pedro, Dudu, Dudu, Dudu, Pedro, Dudu… 

 

Na medida que fomos crescendo, começamos a trazer novas pessoas pro time. Pessoas que são mais capacitadas a fazer determinada tarefa e, com isso, eu e meu sócio íamos saindo da parte operacional. 

 

Esse é um processo longo, que demanda do empreendedor se libertar de várias travas, normalmente. 

 

Medo de contratar, achar que ninguém faz o que ele faz melhor que ele e, por isso, ele tem que fazer tudo, diversas coisas que atrapalham o crescimento de uma empresa. 

 

E muitas empresas não saem dessa fase. Travam ai e ficam. 

 

É aí que o empresário constrói um emprego. Ele constrói um emprego sem férias, passagem, 13º… É um empregado da própria empresa e sem benefícios, porque tem dificuldade de contratar. 

 

3 – Definição e funcionamento de processos

 

Uma coisa que precisa ficar clara é que, mesmo com processos definidos e funcionais, você vai precisar de caixa na sua empresa. Então dinheiro continua sendo um fator importante. E você vai precisar de pessoas, de equipe. 

 

Agora, quando você entra nessa fase de entender processos, de ter processos bem definidos, de entender a função de cada pessoa, o negócio fica mais fluido e é onde o empresário ganha mais liberdade. 

 

Essa é a fase de ganhar dinheiro dormindo. De você ter tranquilidade de saber que, se você ficar 1 mês fora, tudo continua rodando, tudo funciona, independente de você estar presente ou não. 

 

Aí é que você realmente ganha dinheiro dormindo, mas com solidez, com tranquilidade, com visão de longo prazo. E não com essa fantasia do mercado digital de “fazer umas vendinhas enquanto durmo” e no outro dia, se você não fizer nada, acaba. Você quebra. 

 

Esse é o jogo real sobre “ganhar dinheiro dormindo” que separa os homens dos meninos. 

 

Mas como você chega nesse nível? 

 

4 Passos pra ganhar dinheiro dormindo igual gente grande

 

1 – Delegar 

 

A chave pra delegar é você entender quanto vale a sua hora. É entender que tem coisas que você não precisa fazer, que tem coisas que você pode pagar outras pessoas pra fazer por você. 

 

Se você tiver consciência que pagar pessoas é bom, que vai te dar mais tempo, mais espaço pro seu negócio crescer mais, você consegue vencer essa barreira. 

 

Não seja o tipo de pessoa que é mesquinha ao ponto de não querer contratar ninguém e se deixar com um peso de tarefas operacionais, de não querer pagar ferramentas que vão acelerar e facilitar sua vida porque você acha que é caro. 

 

Pague a ferramenta, pague pra aprender com quem você acha que é relevante, pague pra alguém fazer o que você não precisa fazer. 

 

2 – Se você presta um serviço, transforma ele em produto digital

 

Quando você presta um serviço, você não tem muita escala. Você fica limitado(a) à sua agenda.

 

Mas quando você vende um pacote de serviço, você consegue escalar. Como o meu programa de mentoria. Pode ser que tenha um teto, mas não posso afirmar porque não cheguei nele. E todas as vezes que a gente chega a um teto, a gente encontra uma forma de romper esse teto, melhorando processos e tudo mais. 

 

Uma escola de inglês, por exemplo, é uma prestação de serviço. A pessoa que está na ponta prestando o serviço, não tem escala. Mas o empreendedor que, através de processos, conseguiu desenvolver um sistema escalável. 

 

A chave é: Se você consegue empacotar um serviço e organizar de forma que você consiga entregar em um formato de curso, você ganha mais escala, porque você vende ele várias vezes sem precisar crescer a estrutura simultaneamente, e, também, você faz com que a sua hora de prestação de serviço se valorize. 

 

3 – Se você está pensando em ter um modelo de negócio, tenha um modelo de assinatura, um modelo recorrente

 

Não tem porquê criar um modelo de negócio que não seja recorrente. 

 

Vamos imaginar um profissional liberal, um médico. Vamos imaginar que esse médico deu 1000 consultas. Quantos continuam pagando o médico, depois da primeira consulta? 

 

Normalmente 0. 

 

Por que o médico não pode vender um pacote de acompanhamento? Por que tem que ser só uma consulta? 

 

Um nutricionista, por exemplo, por que não transformar um acompanhamento em um programa online, em um grupo de nutrição? Uma comunidade? 

 

Pode ser que você. que está lendo aqui agora, não estava presente pra isso. Mas agora está. 

 

Depois que você vê, não tem como “desver”… 

 

4 – Tenha uma forma de receber por pagamento online

 

Por mais óbvio que possa parecer, se o cliente não tem um lugar pra passar o cartão e descontar automaticamente e você ganhar dinheiro dormindo? 

 

Então você pode usar o Paypal, Pagseguro, Monetizze, Hotmart, Vindi… Diversas plataformas que fazem isso pra você. 

 

Um desafio prático pra você fazer agora: 

 

Pense no que você pode delegar. Isso vai abrir mais espaço na sua agenda, vai facilitar muita coisa. 

 

Então comece a colocar no papel o que você pode passar pra outra pessoa fazer no seu lugar. 

 

Toda vez que você fizer uma tarefa, pense, ou escreva, o seguinte: Como essa pode ser a última vez que eu tenha que fazer essa tarefa? 

 

Por exemplo: Editar um vídeo. 

 

Como essa tarefa de editar um vídeo pode ser feita por você pela última vez? 

 

E comece a listar as possibilidades. 

 

Por exemplo, você pode contratar alguém, você pode contratar um freela, você pode gravar você fazendo e ensinar alguém a fazer… 

 

Pra finalizar, a frase do Warren Buffet: Se você não arrumar um jeito de ganhar dinheiro dormindo, você vai ter que trabalhar até morrer… 

 

PUBLICIDADE