Como repetir um 6em7 sem ter que lançar de novo

PUBLICIDADE

Como repetir um 6em7 sem ter que lançar de novo

 

Como repetir um 6em7 sem ter que lançar de novo

 

Pra entender essa dinâmica, é importante você saber o que é recorrência.

 

A recorrência é um conceito de modelo de negócio, onde você tem recompra, formas do seu cliente comprar e continuar comprando de você. Não é apenas uma tática de vendas. 

 

Dentro de negócios digitais, você pode ter um modelo de recorrência em formato de assinatura, como é o MeuSucesso.com.

PUBLICIDADE

 

O que é 6em7:

 

Na gíria do marketing digital, 6 em 7 é 6 dígitos em 7 dias, ou seja, 100 mil reais (ou mais) de faturamento em 7 dias consecutivos. 

 

É muito disseminado por um amigo, o Érico Rocha, o qual, inclusive, faço parte do grupo de faixas-preta, empreendedores digitais que faturam mais de 2 milhões de reais pela internet, utilizando as táticas que ele ensina. 

 

Então, o Lançamento, que é a tática usada pra chegar no 6em7 é uma tática de vendas. A recorrência é um modelo de negócio. 

 

Você pode lançar uma recorrência. 

 

A diferença entre vender uma recorrência e um produto de venda única:

 

Muitas pessoas acham que lançar recorrência é mais difícil, dá mais trabalho, precisa já ter muito sucesso, já ter um produto muito bem estabelecido, quando na verdade não. 

 

Você pode começar com uma assinatura do 0, como diversos clientes meus começaram. É só ir no meu perfil do instagram que você vai ver alguns resultados lá! 

 

Na prática, a venda não tem absolutamente diferença nenhuma. A entrega sim, porque você tem formatos diferentes. Pra você vender um curso online recorrente, você precisa fazer algumas adaptações na entrega, mas a venda é a mesma coisa. 

 

É até mais fácil, pra ser sincero. Porque você pode fazer variações de planos. Por exemplo você tem um plano anual e você contempla um determinado número de pessoas. Depois você pode ter um plano mensal que adequa e cabe no bolso de outras pessoas. 

 

Num produto de venda única, você não tem essa possibilidade de flexibilizar planos. É um ´preço ou outro. 

 

Outra coisa importante é que, em um produto de venda única, você começa do 0 todos os meses. Depois que você vendeu e entregou, acabou. Você tem que repetir tudo de novo e vender pra novas pessoas. 

Numa assinatura não. Você tem a chance de empilhar seus resultados, continuando servindo seu cliente e recebendo todos os meses e anos pelo mesmo produto. 

 

O passo a passo que eu usei pra repetir um 6 em 7 sem ter que lançar de novo

 

Eu fiz com um treinamento meu que, inclusive, ensina as pessoas a criar, lançar e escalar a assinatura. Se você quiser conhecer mais é só clicar aqui.

 

Antes, é interessante entender quando você deve usar o formato de lançamento, que você abre e fecha a oportunidade de compra, e quando você vende no formato perpétuo, que a pessoa compra quando quiser. 

 

Geralmente, as pessoas associam o modelo de assinatura ao modelo perpétuo, porque a maioria das assinaturas estão sempre abertas, você assina quando quiser. Como a Netflix, Amazon Prime, MeuSucesso.com, Wise Up Online etc. 

 

Quando alguém pensa que recorrência é contra lançamento, é porque ela pensa que um produto de recorrência tem que ser nesse modelo sempre aberto e isso não é verdade. 

 

Você pode abrir e fechar uma recorrência, por mais contra-intuitivo que possa parecer. 

 

Quando você mantém aberto: Quando a sua entrega independe de tempo. Você tem um formato que todo mês você tem um conteúdo, um pacote de conteúdo. Você tem o compromisso de entregar todos os meses novos conteúdos. 

 

O passo a passo do 6em7 com produto de assinatura: 

 

1 – Anunciamos nas nossas mídias que iremos abrir uma turma do Revolução da Recorrência. Aí, a gente trabalha com turmas, nesse formato. 

 

Esse programa tem um preço de 4 mil reais por ano. E ele tem uma peculiaridade que é a seguinte: Quando fechamos a turma, começa um processo de mentoreamento durante 8 semana. Mas eles acabam. 

 

O que acontece depois que acaba? 

 

A pessoa tem a chance de participar novamente dos outros encontros das outras turmas enquanto ela for assinante. 

 

2 – Conduzir a pessoa pra um Workshop. 

 

O nosso workshop tem 3 vídeos, e cada vídeo tem uma finalidade específica. 

 

O primeiro você mostra a oportunidade. No meu caso, eu mostro a oportunidade do mercado de assinatura.  Porque da assinatura, porque a assinatura é um negócio e como ela pode crescer, se desenvolver e evoluir. E, também, mostra porque eu sou a pessoa ideal pra você aprender isso. Então você vai ver meus resultados, credenciais, o que eu posso agregar ao seu negócio etc.

 

O segundo vídeo eu dou uma transformação mais rápida. Pra você sair dali com algum conhecimento aplicável. Por exemplo, como monetizar um grupo do Facebook, como eu fiz, como alguns clientes fazem, exemplos de vários nichos como: finanças, sexualidade, relacionamento, coach, coach empresarial, advogado, dentista, engenheiro etc. 

 

No terceiro eu mostro o exato caminho que você vai percorrer pra criar, lançar e escalar o seu programa de assinatura. Depois antecipo objeções, por exemplo, mostro que o programa foi pensado e criado pra quem não tem tempo e como você, mesmo sem tempo, consegue seguir e executar o que é passado dentro do programa. 

 

Mostro os desafios também. O primeiro é pra você alcançar os seus primeiros 100 assinantes. Então, em uma assinatura mesmo de ticket baixo, tipo 47 reais mensais, durante as 8 semanas de acompanhamento você tem a chance de conquistar seus 100 primeiros assinantes e receber mais do que você pagou por um ano inteiro de acesso. 

 

Bônus:

 

Uma particularidade que eu faço nos meus lançamentos que acelera a tomada de decisão da pessoa é: Dar a oportunidade de entrar em uma lista VIP onde ela ganha vantagem na hora da compra. Ela recebe a chance de se inscrever no programa com um tempo de antecedência em relação a quem não tá. Isso dá uma possibilidade da pessoa reservar a vaga dela. 

 

Um outro detalhe extremamente poderoso também é o seguinte: 

 

Desconto no primeiro dia. Depois o preço sobe. Então, quem não toma a decisão na hora, paga mais caro. 

 

Então essa é a vantagem do lançamento. Você consegue gerar um alto fluxo de caixa em pouco tempo, pela sensação de perda que as pessoas têm no “vai fechar”. 

 

Um desafio: 

 

Você tem que ter culhão. Porque você coloca o dinheiro na frente, captura os contatos, passa um tempo com esses contatos e, depois, abre a oportunidade de compra. 

 

Nesse processo da um frio na barriga muito grande, porque pode não vender. Aí você já gastou o dinheiro, fez tudo…  E se não vender? 

 

Por isso, também, é interessante ter uma assinatura. Porque você tem mais segurança, mesmo se der errado, pra aguentar isso. 

 

A vantagem de lançar recorrência: 

 

Quando você lança as recorrência, você vende. E, depois, a pessoa renova. Então você tem mais resultado sem fazer esforço algum. 

 

Há um tempo atrás, eu postei no instagram um 6 em 7 que fiz só de renovação. Um 6 em 7 sem lançamento. 

 

Então você tem a real possibilidade de repetir o resultado sem repetir o processo. 

 

PUBLICIDADE